Operacional


Mensagem do Comandante

Como Comandante do Corpo de Bombeiros (CB) da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vila Verde (AHBVVV), quero, em primeiro lugar, cumprimentar todos aqueles que nos dão a honra de visitar a nossa página web.

Sou o Sargento-Mor José Alberto de Barros Lomba, aqui nado e criado, Comandante do CB da AHBVVV, função que muito me honra e de que muito me orgulho, depois de ter prestado 33 anos de serviço efetivo no exército.

Integramos o Pelouro da Segurança da Câmara Municipal de Vila Verde e, neste contexto, incumbe-nos:

  • O combate aos incêndios florestais, urbanos e/ou industriais;
  • Prestar apoio às populações em caso de incêndios, inundações, desabamentos e abalroamentos, e em todos os acidentes, catástrofes ou calamidades;
  • Prestar socorro a náufragos;
  • Exercer atividades de socorrismo na área da saúde;
  • Proteger contra incêndios os edifícios públicos, as casas de espetáculos e outro recintos, mediante solicitação e de acordo com as normas em vigor, nomeadamente assegurando a necessária vigilância aquando da realização de eventos públicos;
  • Colaborar nas atividades da proteção civil, no âmbito do exercício de funções específicas que lhe forem cometidas;
  • Emitir pareceres técnicos em matérias de proteção contra-incêndios e outros sinistros, nos termos da lei.

Face aos objetivos que consubstanciam a nossa missão, constituímos um grupo de elementos cuja disponibilidade em proveito do próximo mais não é do que um símbolo na vida e na história do Concelho de Vila Verde.

Apesar das carências e de viver basicamente dos recursos humanos de que dispõe, o CB da AHBVVV tem respondido diariamente com entrega, determinação, empenho, prontidão e eficácia a todas as situações de emergência a que é chamado, sempre com elevado espírito de missão de serviço público.

Somos os Bombeiros de Vila Verde, isto é, os indivíduos que, integrados de forma voluntária num Corpo de Bombeiros, a unidade operacional, tem por atividade cumprir as missões acima enunciadas, razão suficiente para que a todos os Vilaverdenses eu desejo transmitir uma mensagem de serenidade e confiança, certos de que estaremos sempre “na linha da frente”, na proteção de vidas humanas e bens em perigo, no socorro de feridos, náufragos, doentes ou na prestação de outros serviços previstos nos regulamentos internos e demais legislação aplicável.

Aos homens e mulheres que se encontram sob a minha responsabilidade, quero sublinhar e reafirmar que só seremos realmente importantes e imprescindíveis se formos capazes de colocar o interesse coletivo à frente do interesse individual.

Juntos somos fortes, bravos, destemidos e transcendentes na reafirmação da nossa divisa

VIDA POR VIDA.


O COMANDANTE,

José Alberto Lomba.